quarta-feira, 27 de março de 2013

EM TEMPO: EM TEMPLOS DE MACEDOS, SANTIAGOS E FELICIANOS


Imagem: arquivo Google

“O deus deles era um cachorro!” – disse e foi ao culto o bispo orar (sem cacofonia: com economia!)

Em campos mais distantes antigos
os pastores ainda não eram metáforas – digo –
apascentavam sim ovelha bode cabra outros bichos

Mas aqui nestes sítios gravo tais poréns:
depois de tangidos anos em rebanhos de cem
graves em igrejas & multimídias essas figuras vêm

pregando falso às testemunhas (réus!)
julgando mal até o egípcio Anúbis (um Deus!)
sendo eles mau chacal não pro povo do Nilo: pro seu!


(LUIZ FILHO DE OLIVEIRA. Onde Humano. Teresina: Nova Aliança, 2009.)


3 comentários:

JAIRCLOPES disse...

Limerique

Era um tempo de falsos profetas
No qual qualquer um seria asceta
Esse pobre povo brasileiro
Liderado por bandalheiros
Que eram fina flor analfabeta.

JAIRCLOPES disse...

Limerique

Muitos povos, verdadeiro mosaico
Num Estado que se dizia laico
Mas direitos humanos
Tratado como arcano
Nas mãos de um jumento arcaico.

D.Everson disse...

estes pastores são impostores