sexta-feira, 4 de novembro de 2011

Um poeta por um desenho: um poema...

 O autor, por Paulo Maia


ao escrever (a você)


 I



sou

quem

suo





II



suo

a poesia

sua



(Luiz Filho de Oliveira. Deleituras Líricas, 2011.) 

5 comentários:

ROGEL SAMUEL disse...

e a pooesia
lhe diz
"sou sua"

teca disse...

Taí... gostei!!!

Um beijo carinhoso.

Jefferson Bessa disse...

Sendo o suor
E suando o outro
Na pele do que é.
Um abraço.
Jefferson.

Anônimo disse...

Um poema suado, de grande transpiração, elaborado com vigor e serenidade, belo, belo, belo...

Lucas Holanda disse...

Muito legal!